População está a fugir de Nhampoca

Depois do assassinato de dois dirigentes locais, nas zonas de Tica e Nhampoca, no distrito de Nhamatanda em Sofala, acções que o Governo atribui a homens armados Renamo, a população está a abandonar as suas casas para salvar as suas vidas.

Dias depois do assassinato dos dois “líderes comunitários”, o Governo expediu um contingente militar, que está instalado na região, agudizando o clima de medo na população. As rusgas feitas pelas tropas do Governo à procura dos homens da Renamo estão a deixar a população em pânico.

Qualquer suspeita sobre qualquer cidadão residente na zona dá direito a tortura e a casa incendiada.

Segundo Reginado Mauese, um dos poucos residentes de Nhampoca que continua lá, a região está a ficar deserta.

Já ninguém quer lá ficar, desde a entrada das forças governamentais.

Os funerais do régulo de Nhampoca e de Abílio Jorge já foram realizados. (José Jeco)

CANALMOZ

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *