“Não há país que cresça sem ter inimigos”

Armando Emílio Guebuza, antigo Presidente da República, marcou presença na cerimónia oficial dos 43 anos da independência, que se assinala hoje.

Guebuza diz que no passado não havia heróis em quem pudessem se espelhar, universidades, escolas secundárias suficientes, e que o sonho era estar independente e alcançar o desenvolvimento.

O então estadista mostrou-se preocupado com os ataques em Cabo Delgado. “Não há país que cresça sem inimigos, no passado os inimigos eram os colonos associados ao apartheid”, disse acrescentando que o acto dos malfeitores reflecte que ainda existam inimigos da pátria, e acredita que o Governo vai encontrar soluções para ultrapassar as adversidades do país.

Já, o Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, reiterou as palavras do Chefe do Estado, sobre a necessidade de continuar o processo de desarmamento e condenou  as atitudes violentas dos malfeitores em Cabo Delgado, disse que incentiva a população para que continue vigilante com a ajuda das forças de defesa nacional.

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *