Todos refugiados passarão a ter passaportes electrónicos

Loading...

Com aumento do numero de refugiado que saem da África do norte atravessando o mar mediterrâneo para Europa a procura das melhores condições de vida e outros por motivo da guerra. O Governo português decidiu facilitar a vida dos refugiados criando passaportes electrónicos, este documento servirá como um passaporte o mesmo documento inclui leitura óptica e um chip de leitura por radiofrequência, actualizar este documento, reforçando as suas condições de segurança, cumprindo deste modo as regras europeias.
Esta medida foi aprovada pela Ministra da Administração Interna (MAI) Anabela Rodrigues. Os novos passaportes para os refugiados terão um chip de identificação O documento terá a mesma funcionalidade de um passaporte nacional, sendo que incluirá um chip de identificação.

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *