Nove pescadores são dados como desaparecidos, depois de naufragio

Loading...

No total eram 10 pescadores que se faziam transportar na embarcação a vela e foram para a habitual pesca de mariscos, no interior das águas da Baía de Inhambane. Já no regresso foram surpreendidos por ondas gigantes.

José Bata, o marinheiro que pi­lotava a embarcação, por sinal o único que conseguiu chegar a ter­ra firme, diz que o tempo mudou de repente, e quando voltavam encontraram no meio do mar, on­das enormes, e duas delas, foram enormes o suficiente para deitar água no interior da embarcação, e em seguida vira-la. Bata diz ainda que as nove pescadoras que estavam na embarcao foram cuspidas fora da mesma e as, ondas aliadas as correntes fortes dificultaram a tentativa de nadar em busca de um lugar seguro. Ele abandonou a embarcao que já começava afundar tendo seguido em direcção a terra firme. José Bata não sabe dizer o paradeiro dos seus companheiros. O administrador marítimo em Inhambane Americo Sitoé, disse ontem,  que a noite e estado do tempo não permitiram as operacoes de buscas e que tal operação so teria inicio na manha de hoje  28 de Outubro de 2015.

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *