A Renamo está a inviabilizar o processo de integração – Jaime Basílio Monteiro

Loading...

O Ministro do Interior disse ontem no parlamento que nunca foi intenção das Forcas de Defesa e Segurança assassinar o Líder do maior partido da oposição  Afonso Dhlakama.
Jaime Basílio Monteiro diz no entanto que o desarmamento dos homens da da Renamo vai continuar.
Numa altura em que se levantam dúvidas sobre o processo de desarmamento coercivo do braço armado da Renamo, o Ministro do Interior,  garantiu  que o trabalho vai continuar até que seja recolhida a última arma nas mãos ilegítimas.
Jaime Basílio Monteiro, num discurso interrompido com vivas e aplausos da bancada parlamentar da Frelimo, sublinhou a necessidade do acto.
E sobre a alegada violação do Acordo Geral de Paz, o ministro falou de alegada manipulação da opinião pública por parte da Renamo.
Acrescentou ainda que a Renamo está a inviabilizar o processo de integração e enquadramento das suas forças residuais.

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *