França anuncia apoio ao emprego jovem após protestos contra lei laboral

Loading...

França anuncia apoio ao emprego jovem após protestos contra lei laboral

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, anunciou hoje um plano de 500 milhões de euros para apoiar a entrada dos jovens no mercado de trabalho, depois de receber organizações estudantis no contexto das manifestações contra a nova lei laboral.

“A França deve ouvir os jovens”, declarou Valls numa conferência de imprensa, depois de apresentar o pacote de medidas a oito organizações de estudantes do secundário e da universidade.

A principal organização estudantil, a UNEF, disse-se satisfeita com as medidas, que considerou responderem a “reivindicações dos jovens”, mas mantém a mobilização contra o projeto de reforma da lei do trabalho e a manifestação convocada para 28 de abril.

O projeto de reforma visa tornar o mercado laboral mais flexível, para reduzir o desemprego, que afeta cerca de 25% dos jovens em França.

Desde que foi apresentado, milhares de pessoas, sobretudo jovens, lançaram um movimento de protesto contra a legislação, que consideram “demasiado liberal”.

As medidas anunciadas hoje incluem a possibilidade de prolongamento das bolsas de estudo por quatro meses após a obtenção do diploma, medida que pode beneficiar cerca de 126.000 jovens e tem um custo estimado de 130 milhões de euros anuais.

O pacote prevê também uma taxação mais forte dos contratos a curto prazo, para encorajar as empresas a fazerem contratos por tempo indeterminado. Atualmente, os contratos a termo representam 87% das primeiras contratações.

Os protestos contra a reforma da lei laboral começaram a 09 de março, com 224.000 pessoas nas ruas de toda a França, e continuaram dia após dia até sábado, quando 120.000 pessoas se manifestaram em várias cidades do país, segundo números do Ministério do Interior.

Nalguns casos, os protestos foram marcados por confrontos com a polícia e centenas de detenções.

A oposição à reforma esteve também na origem do movimento “Nuit debut”, que levou centenas de jovens a acamparem no centro de Paris durante 11 dias consecutivos até serem desmobilizados pela polícia às primeiras horas da manhã de hoje.

A nova lei laboral é considerada a última grande reforma do presidente François Hollande, em mínimos históricos de popularidade e que enfrenta eleições presidenciais em 2017.

noticias ao minuto

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *