Combatentes exigem mais espaço nos órgãos decisórios do partido

Combatentes exigem mais espaço nos órgãos decisórios do partido

Paz em Moçambique! Nós somos felizes pela paz!” As­sim cantavam as crianças da Organização dos Continuadores de Moçambique. Com rosas e balões em punho, elas tiraram um dia de folga na escola para ir saudar o Comité Central da Frelimo.

Apesar da tenra idade, elas parecem conhecer o valor da paz que evocam. Mas é pro­vável que algumas não saibam que milhares de outras crianças, no centro do país, não têm se­quer a paz para cantar, para ir à escola e para conjecturar o seu próprio futuro. Quem sabe dessa realidade são os jovens do partido, mas na saudação ao Comité Central gritaram tudo menos a paz. “Quem é o líder? Quem é o comandante?”, perguntava, entusiasmado, o secretário-geral da OJM, Mety

Opais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *