Piloto é responsável pela queda do avião da LAM em Namíbia

Loading...

Piloto é responsável pela queda do avião da LAM em Namíbia

Um relatório das autoridades namibianas confirma que o avião da LAM que caiu, em Bwabwata, em 2013 foi intencionalmente levado para o chão pelo piloto. Na altura, 33 pessoas a bordo do Embraer 190 perderam a vida como resultado da que da aeronave, que fazia a rota Maputo-Luanda.
De acordo com o relatório sobre o acidente aéreo ocorrido a 29 de Novembro de 2013 e citado pela imprensa da Namíbia, o comandante da aeronave, Hermínio dos Santos Fernandes, foi responsável pela queda do avião e tinha sido deixado sozinho na cabine, quando o co-piloto saiu da mesma para os lavabos, minutos antes do acidente.

O relatório foi compilado pelo namibiano Theo Shilongo, vice-director da Direcção de Investigações de Acidentes Aéreos da Namíbia, que era o investigador principal, e Hafeni Mweshixwa como o co-investigador.

“A implementação de sistemas de piloto automático pelo comandante fez com que a aeronave decolasse a voo de cruzeiro e a uma descida descontrolada, tendo provocado uma colisão brusca do aparelho no terreno”, escreve o relatório, citado pelo The Namibian.

O documento indica que o piloto moçambicano, de 49 anos, tinha 9 052 horas de experiência de voo, das quais 2 519 horas foram a pilotar o mesmo tipo de Embraer 190.

Sua história ao longo das 72 horas que precederam o acidente mostra que o piloto voou na rota de Maputo para Tete e vice-versa, no dia 26 de Novembro. No dia seguinte, ele voou de Maputo para Joanesburgo, na África do Sul, tendo voltado a Maputo.

Um dia antes do acidente, ou seja a 28 de Novembro de 2013, o piloto estava de folga.

O relatório indica que embora as autoridades namibianas tivessem solicitado informações sobre a situação financeira e de seguros do comandante do voo, a mesma não foi disponibilizada pelas instituições moçambicanas. Namíbia queixa-se ainda de burocracia e aborrecimentos legais para obtenção de informações ligadas ao piloto antes de finalizar o relatório.

Seis membros da tripulação e 27 passageiros morreram quando a aeronave Embraer 190 da LAM caiu na região do Zambeze da Namíbia, a 29 de Novembro de 2013.

Opais

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *