“Por favor: Entendam-se” – Hélder Martins

Loading...

No início da década de 1960, Hélder Martins jurou defender e lutar pela vida, na sua graduação em medicina, mas viu se condenado a morte, num julgamento à revelia, por um tribunal militar português por ter desertado das fileiras da Marinha de Guerra.

Na sua fuga ao regime colonial, juntou-se, em 1961, a causa do nacionalismo moçambicano, terra que lhe viu nascer, tendo sido membro da União Democrática Nacional de Moçambique (UDENAMO) e foi um dos membros fundadores da Frelimo, e foi o primeiro ministro da Saúde em Moçambique.

Cinco décadas depois de trabalho intenso ao serviço da libertação nacional, educação e saúde, onde é considerado um dos mentores do sistema nacional, Hélder Martins viu parte do seu trabalho reconhecido, nesta segunda-feira, com a atribuição do grau de Doutoramento Honoris Causa em Ciências da Saúde, pelo Instituto Superior de Ciências e Tecnologias (ISCTEM).

Na sua primeira oração de sapiência, Martins falou de tudo um pouco, mas foi a tensão político-militar que mereceu o maior apelo para os políticos do dia. “Nós médicos e outros profissionais da saúde, não podemos ficar resignados diante destas questões. Temos que levantar bem alto o nosso grito pela paz. Temos que dizer aos políticos: Por favor, entendam-se,” desabafou, depois de recordar o impacto directo da tensão político-militar no sector da saúde, dos quais destacou o que chamou de “hemorragia dramática do orçamento da saúde”.

Sobre a saúde, área que conhece como poucos, Martins lançou críticas incisivas para dentro e fora do sistema. Saudou os sinais de abertura de Filipe Nyusi, mas recordou com mágoa o tratamento que o executivo de Armando Guebuza, deu à classe médica.

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *