Aumento do preço do pão temporariamente adiado

Loading...

Aumento do preço do pão temporariamente adiado

O Ministério da Indústria e Comércio suspendeu temporariamente o agravamento do preço de pão proposto pela Associação dos Panificadores de Moçambicana, AMOPÃO.

 Esta medida entrava em vigor em todo país a partir de hoje.

A informação foi avançada pelo Inspector-Geral das actividades económicas no Ministério da Indústria e Comércio, José Rodolfo.

“Depois de muita discussão, numa sessão coordenada com a própria direcção da AMOPÃO, o Ministério da Indústria e Comércio decidiu suspendeu temporariamente o agravamento do preço para dar tempo ao governo analisar todos os factores evocados para justificar tal agravamento” frisou José Rodolfo, Inspector-Geral das actividades económicas no Ministério da Indústria e Comércio.

A AMOPÃO tinha proposto, em Assembleia–Geral, que o pão de duzentas gramas, que custa actualmente 6 meticais passasse para 7 meticais, enquanto que o de duzentas e cinquenta gramas fosse vendido a 9 meticais, contra aos 7,5 meticais, agora em vigor.

A AMPÃO sustentava a proposta de agravamento do preço do pão com o elevado custo da principal matéria-prima, o trigo, e a depreciação do metical. O saco de 50 KG de trigo que custava mil e oitenta meticais passou a mil trezentos e noventa meticais.

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *