Ataques da Renamo: população de Mossurize abandona residências

Loading...

Ataques da Renamo

No distrito de Mossurize, sul da província de Manica perto de mil e trezentas pessoas abandonaram recentemente as suas residências, devido a tensão político-militar.

As famílias foram acomodadas num centro criado pelo INGC-Instituto Nacional de gestão de calamidades, na vila de Espungabera, sede distrital de Mossurize.

No local, o INGC montou trezentas e dezasseis tendas, que albergam igual número de famílias.

O delegado do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades em Manica garantiu que as famílias beneficiam de assistência em alimentos, kits de produtos de higiene, cobertores, baldes e utensílios de uso doméstico.

Teixeira Almeida disse que com a abertura do centro de acomodação de Espungabera, a província de Manica passa a contar com três, sendo que os outros dois funcionam nos distritos de Báruè e Gondola.

Neste momento, segundo o delegado do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades em Manica, estão acomodadas nos três centros mais de duas mil pessoas.

O sector da saúde que está reunido em conselho coordenador provincial, anunciou esta quarta-feira que quatro unidades sanitárias dos distritos de Bárue e Mossurize foram encerradas, devido a tensão política.

RM

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *