7 falsos curandeiros foram expulsos da AMETRAMO

Loading...

Em Inhambane, sete falsos curandeiros foram expulsos da Associação dos Médicos Tradicionais de Moçambique, AMETRAMO.

Trata-se de curandeiros envolvidos em acusação e de feitiçaria, cobranças ilícitas, publicidade enganosa e em outras práticas que não dignificam a actividade.
Segundo Maimuna Ibrahimo, da Associação dos Médicos Tradicionais de Moçambique, foram igualmente queimadas trinta cabaças pertencentes aos falsos curandeiros.

RM Inhambane

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *