O principio do fim da Frelimo não e o fim dum povo, diz João Massango

Loading...

O mundo ja provou que as mudanças de sistemas politicos em muitos paises é descrito como sinonimo de desenvolvimento, está errado para quem pensa que a queda de um partido no poder como a frelimo, em moçambique, é o fim de um povo e suas instituições isso é mentira, pelo ao contrario a competetividade dos partidos e suas agendas de governação o maior ganhador é o povo.

Os partidos que nao querem sair do poder manipula o povo alegando que o proximo partido a tomar pode escoraçar com funcionario publicos. Por isso todo funcionario publico em moçambique, formado e como tecnico estão amendrontado em perder seus lugares porque não poder ter suas opções ideologica.

Queremos dizer que em paises onde mudou o sistema de governação o povo saiu a ganhar, porque? Porque ninguem e ninguem mesmo foi expulso do aprelho de estado ou da função publica, o politico e o sistema entra e sai, o funcionario publico ou tecnico fica.

Em moçambique o povo é chamado para mudança, mudança de sistema ou mudança do governo nao significa mudança de funcionarios ou tecnicos, ninguem vai mudar o tecnico, a função publica capacita o tecnico o seu “know how” para sustentar o politico durante o seu exercicio no poder

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *