ÚLTIMA HORA: Mario Raffaelli confirma que escapou a morte em Gorongosa e pede desculpas aos moçambicanos por ter apelidado de boato

Loading...

 

 O chefe dos mediadores internacionais nas negociações entre o Governo e a Renamo, Mario Raffaelli acaba de confirmar, há momentos, no evento da sua despedida, que de facto esteve em Gorongosa no sábado passado e saiu de lá por falta de condições de segurança devido a tiroteios no local onde era suposto se encontrar com Afonso Dhlakama.

Raffaelli também pediu desculpas ao Canal de Moçambique por ter apelidado de boato a informação que o semanário avançou em primeira mão por confirmação de fontes da embaixada da Itália e do próprio Afonso Dhlakama. “Tem jornalista do Canal de Moçambique aqui? É que estava a ver que estão muito zangados comigo, mas não zanguem comigo. Transmite aos seus colegas para não zangarem comigo” disse Raffaelli em declarações à imprensa, mas falando diractamente para o nosso correspondente nas negociações.
Mas Raffaelli não explicou porque razão apelidou o evento de sábado como sendo boato. Confirmou que saiu de Gorongosa após ter sido informado por Afonso Dhlakama de que havia uma emboscada que estava a ser preparada.
“É verdade e nós confirmamos a entrevista do Dhlakama. Portanto não posso dizer mais nada sobre o que Dhlakama disse.
Mario Raffaelli disse que o encontro havia sido combinado com o presidente da República Filipe Nyusi e o presidente da Renamo e ambos tinham concordado.
“Eu, não decidi ir sozinho. Infelizmente não sei o que aconteceu” disse. Mais detalhes na próxima edição do Canal de Moçambique. (Redacção)

Canalmoz

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

2 thoughts on “ÚLTIMA HORA: Mario Raffaelli confirma que escapou a morte em Gorongosa e pede desculpas aos moçambicanos por ter apelidado de boato

  • Outubro 29, 2016 at 1:08 am
    Permalink

    Seus assacinos da merda

    Reply
  • Outubro 29, 2016 at 10:08 am
    Permalink

    Para aonde vamos com essa situacao afinal?? Nós como pessoas e vivvendo em moçambique merecemos a paz nao nos importa a quem perde entres as elites governamentais.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *