Homens Armados da Renamo assassinam 2 secretários da Frelimo

Loading...

A Polícia da República de Moçambique, em Sofala, confirmou o assassinato de dois secretários de círculo do partido Frelimo.

O porta-voz do comando da PRM, em Sofala, Daniel Macuácua, diz que os homens armados da Renamo deslocaram-se a três residências onde balearam três indivíduos membros do partido Frelimo, dois dos quais perderam a vida no local e o terceiro foi ferido com gravidade, devido aos disparos
”Tomamos conhecimento dos factos, a Força deslocou-se prontamente para o local onde se encontra a fazer um trabalho visando a neutralização dos autores deste macabro crime, que são os homens armados da Renamo ”, frisou o porta-voz do comando da PRM, em Sofala, Daniel Macuácua.
Um dos secretários do comité de círculo da Frelimo, Bernardo Gimo, ferido gravemente na incursão armada da Renamo disse ter vivido um momento de terreno.
Gimo está a receber tratamento médico no Hospital Central da Beira.
“Quatro tinham armas e seis tinham catanas, eles vinham recrutando os secretários das células do partido e círculos. Quando chegaram à minha casa, acordaram-me. Então a minha esposa abriu a porta, eu segui atrás. Lá fora pegaram e me amarraram, fomos até lá no mato, então o comandante mandou-nos parar. Quando acabaram de fumar, disseram é bom deixar estes homens aqui para a Frelimo encontrar e eles mortos. Eu já tinha medo, que aí é a minha morte. Então mandaram sentar. Puseram bala na câmara, manipularam a arma e começou com o amigo que estava em primeiro lugar, deu um tiro na cabeça..”, disse Bernardo Gimo, um dos secretários do comité de círculo da Frelimo que foi gravemente ferido na incursão da Renamo.

RM

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *