Aqueles que amam a Deus não temem a morte e é assim que consolamo-nos uns aos outros

Loading...

A família Guebuza também teve direito à palavra na cerimónia fúnebre que decorreu na Igreja Presbiteriana de Chamanculo.  As primeiras palavras foram de que o seu assassinato bárbaro, perpetrado supostamente pelo marido,  desgraçou a família Guebuza.

A família também falou do seu percurso  em vida e disse acreditar que a morte não é o fim da história de uma pessoa, pois crê nas escrituras sagradas que dizem haver vida para além da morte. “Aqueles  que amam a Deus não temem a morte e é assim que consolamo-nos  uns aos outros”.

A família diz ainda que a malograda foi-lhes prematuramente retirada, mas isso não significa que tenham que perder fé em Deus e na vida eterna.

Opais

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *