Três agentes da UIR acusados de violação sexual

Loading...

Três supostos agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) afectos à Unidade de Intervenção Rápida (UIR), são acusados de terem violado sexualmente três raparigas na madrugada do último domingo .

O caso que foi antecedido por tortura física e psicológica teve lugar no Xikhelene em Maputo.

As jovens com idades compreendidas entre 117 6, e 20 anos de idade contam que” Estávamos a voltar de uma festa as quatro horas na companhia de quatro jovens quando deparamo-nos com três polícias que primeiro agrediram os jovens, se apoderaram de três mil meticais para depois nos violarem e torturarem”.

Segundo as vítimas dada a resistência os agentes recorreram a uma arma de fogo e dispararam tiros para o ar.

Folha de Maputo

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *