Frelimo reúne ensombrado pelo “caso Samora Machel Jr.”

Loading...

O Comité Central (CC) do partido Frelimo reúne, hoje, na cidade da Matola, na sua III sessão ordinária, a última antes das eleições gerais de 15 de Outubro.

A sessão, com a duração de três dias, vai passar em revista o ponto de situação da “vida” do partido e alinhar o posicionamento para fazer face aos pleitos eleitorais de Outubro e os desafios da descentralização.

No primeiro dia da sessão, além do discurso inaugural a ser proferido pelo presidente do partido, Filipe Nyusi, a agenda inclui a apreciação dos Relatórios da Comissão Política e do Comité de Verificação, este último, que poderá ser polarizado pelo “caso Samora Machel Jr.” que se encontra em rota de colisão com a direcção do movimento de que é membro.

Depois das farpas que o filho do primeiro Presidente de Moçambique independente lançou ao secretariado-geral e de forma mais incisiva ao presidente do partido, através da carta feita em resposta ao processo disciplinar contra si instaurado, o CC vai ouvir o relatório do órgão que zela pela legalidade interna, para uma eventual decisão a cerca dos passos a seguir.

Segundo alguns círculos de opinião nacional, o CC poderá decidir pela aplicação de sanções a Samito, que podem ir desde a suspensão da qualidade de membro, uma repressão ou, no extremo da situação, a expulsão do partido.

A II sessão do CC terminará no final da tarde de domingo, com a adopção de algumas moções e deliberações, de entre as quais sobre as eleições que se avizinham.

Recorde-se que a sessão que amanhã arranca esteve agendada para o mês de Março, tendo sido adiada devido ao ciclone Idai que assolou a região Centro.

Gabriel Simao

Gabriel Simao É um Blogueiro Moçambicano especialista na produção de artigos de grande qualidade na Pagina Web INFROMOZ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *