Vahanle denuncia ameaça de morte

Loading...

O Presidente do Conselho Autárquico de nampula, Paulo Vahanle,  diz que nos últi- mos tempos tem vindo a receber chamadas e mensagens telefónicas de desconhecidos, que ameaçam tirar-lhe a vida, sem, contu- do, revelar os motivos.

Esta é a segunda vez que Paulo Vahanle diz estar  a ser ameaçado de morte. A pri- meira foi no decurso da primeira sessão or- dinária  da Assembleia  Municipal, que de- correu nos dias 16 e 17 de Abril. O autarca disse aos membros deste  ór- gão que a sua integridade física está ameaçada e não entende as razões para isso.
“Se querem dar-me o mesmo destino que deram ao meu antecessor Amurane, não há problema. Somos todos humanos e vamos todos passar pela mesma via”, disse. Abordado pelo “notícias” a propósito, Vahanle recusou-se a entrar em detalhes, alegando que o caso está já a ser tratado pelas autoridades competentes.
Porém, o comandante provincial da Po- lícia da República de Moçambique (PRM) de nampula, Joaquim Sive, disse não ter informação sobre as alegadas ameaças. Sive afirmou que, a ser verdade, é uma situação nova porque, tanto na área onde funciona o gabinete de trabalho do presi- dente do município como na sua residência oficial, não há registo da ocorrência.
“Havendo, estaremos abertos para receber a denúncia e orientar investigações com vista a apurar o que estará a acontecer. É nossa área de intervenção e, junto com o SERNIC, vamos desencadear diligências
para o esclarecimento do caso”, afirmou
Sive.

JN

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *