LAM esclarece incidente do voo forçado a retornar a Maputo

Loading...

Através de um comunicado recebido na nossa redacção, a empresa Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) esclarece que o voo que fazia o percurso Maputo/Tete foi forçado a interromper viagem e retornar ao Aeroporto Internacional de Maputo, minutos depois de ter descolado, na manhã deste Domingo, devido a uma deficiência no sistema de refrigeração a bordo da aeronave.

Já com os passageiros em terra e em segurança, a empresa tomou várias providências, dentre as quais a troca da aeronave para se realizar o voo, enquanto se procede a reparação, o que implicou a redução de capacidade de lugares e, consequentemente, a LAM procedeu a negociação com os passageiros, visto que não seria possível transportar a todos, hoje.

“Assim sendo, alguns passageiros não seguiram no voo realizado hoje, tendo sido assegurado que viajarão amanhã, Segunda-feira, dia 10.06.19. A LAM agradece a compreensão e receptividade demonstrada pelos passageiros e apresenta as sinceras desculpas pelos inconvenientes causados por esta situação”, esclarece a companhia de bandeira.

Dossiers & Factos

Jacinto G. Manusse

É um Empreendedor e Consultor de Marketing Digital que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs em Moçambique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *